casa sustentável

10 maneiras de deixar a casa mais sustentável

Fazer um uso mais consciente dos recursos naturais é uma preocupação cada vez mais comum, por isso a busca por soluções sustentáveis só aumenta. A boa notícia é que atitudes simples ajudam a reduzir os impactos ambientais e ainda contribuem para a economia no seu bolso.
Quer saber o que fazer para deixar a casa mais sustentável? Então continue a leitura deste post e anote nossas dicas!

O que é a sustentabilidade?

A sustentabilidade nada mais é do que a busca e o uso de soluções ecologicamente corretas e economicamente viáveis para o dia a dia. O grande objetivo deste conceito tão falado é preservar os recursos naturais do planeta, encontrando maneiras de suprir as nossas necessidades sem prejudicar as necessidades de gerações futuras.
É importante destacar que a sustentabilidade não está apenas relacionada ao meio ambiente. Apesar de ter a preservação como um de seus principais focos, as atitudes sustentáveis acabam trazendo impactos positivos em outras esferas, como a social e até mesmo a econômica.
Ações simples – como desligar a torneira enquanto escova os dentes – podem fazer toda a diferença no consumo de recursos e ainda trazer uma grande economia para o seu bolso. Todo mundo sai ganhando, não é mesmo?

Como deixar a casa mais sustentável?

Agora que você já entendeu melhor o que é a sustentabilidade, vamos conferir algumas ideias sustentáveis bem simples para aplicar na sua casa:

1. Economize energia elétrica com lâmpadas de LED

Substituir as lâmpadas de casa pode parecer uma atitude simples, mas faz toda a diferença na economia de energia. Para se ter uma ideia da diferença de consumo, enquanto os modelos de LED gastam cerca de 7W de potência, a fluorescente consome 15W e a incandescente gasta 60W: uma grande diferença, não é mesmo?
Além de garantir uma casa mais sustentável, você ainda vai receber uma conta de valor bem mais baixo no final do mês. Ah, vale lembrar que as lâmpadas LED também possuem maior durabilidade, portanto o investimento vale muito a pena: por mais que sejam modelos um pouco mais caros em comparação aos outros dois, o LED pode acabar saindo até mais barato quando consideramos todos esses fatores.

2. Acrescente plantas nos ambientes da casa

Além de compor a decoração dos ambientes, as plantinhas são ótimas aliadas para purificar o ar e trazer mais conforto térmico para dentro de casa. Existem várias espécies adequadas para ambientes internos, basta escolher a sua preferida e se atentar aos cuidados.
Confira algumas opções:

  • Jibóia
  • Lírio da paz
  • Samambaias
  • Cactos e suculentas
  • Ráfias

3. Aproveite a luz e ventilação naturais

Aproveitar os recursos naturais à sua disposição é uma ótima maneira de economizar ainda mais energia elétrica e aplicar a sustentabilidade no seu dia a dia. Manter as luzes desligadas durante o dia e deixar a luz solar entrar em casa é um passo bem simples que pode te ajudar nesta tarefa.
Para isso, basta deixar as janelas e portas abertas, o que também vai contribuir para uma melhor ventilação da casa e dispensar o uso de ar condicionado ou ventiladores. Outra forma de otimizar a ventilação e iluminação da casa é organizando a distribuição dos móveis para evitar barreiras no caminho dos agentes naturais.

4. Separe lixo reciclável e reaproveite embalagens

Outra atitude bem fácil, mas que traz resultados muito positivos para o meio ambiente e para você: reciclar o seu lixo! A última pesquisa feita pela Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais) mostrou que o Brasil produziu 79 milhões de toneladas de resíduos sólidos em um ano. É muito lixo, não é mesmo?
Para evitar o destino inadequado desses resíduos, a reciclagem é uma saída simples e muito eficaz. Verifique se existe coleta seletiva no seu bairro ou procure cooperativas que realizam este trabalho e inclua a separação de lixo reciclável e orgânico na sua rotina.
Ah, outra forma de produzir menos lixo e ajudar o meio ambiente é reaproveitar embalagens. Garrafas plásticas ou de vidro, papéis e outros produtos podem ganhar um novo significado.

5. Faça compostagem

Ainda falando sobre o reaproveitamento de resíduos, a compostagem é uma ótima forma de utilizar o seu lixo orgânico e reduzir os impactos ambientais que seriam causados caso esses resíduos fossem descartados de maneira errônea.
Como você já deve saber, o lixo orgânico não pode ser reciclado, mas ele pode servir de adubo para o seu jardim, para as plantinhas que você tem dentro de casa ou até mesmo para uma horta caseira. É possível aproveitar borra de café, cascas de frutas e até mesmo saquinhos de chá: tudo isso vai contribuir para um crescimento ainda mais saudável das plantas.

6. Monte uma horta

Falamos no item anterior que os resíduos orgânicos podem ser um excelente adubo para a sua horta, lembra? Então, que tal colocar essa ideia em prática e deixar a casa mais sustentável com uma horta?
Ter temperos, legumes e até plantinhas medicinais sempre a mão garante uma alimentação muito mais saudável, livre de agrotóxicos e com ingredientes sempre frescos. E nem precisa de muito espaço para isso, viu? Você pode montar hortas verticais com garrafas pet ou potinhos de margarina, por exemplo, sem ocupar muito espaço da sua casa.

7. Substitua produtos descartáveis

Você sabia que o Brasil é o 4º maior produtor de plástico do mundo? Isso foi o que revelou uma pesquisa realizada pelo WWF (Fundo Mundial para a Natureza), responsável também por identificar outro índice alarmante: apenas 1% das 11 milhões de toneladas produzidas anualmente são recicladas.
Como você pode contribuir para melhorar esses registros? É bem simples: substituir os produtos descartáveis e reduzir o consumo de plástico. Evite o uso de pratinhos, talheres e copos de plástico e dê preferência às embalagens reutilizáveis ou biodegradáveis.

8. Reutilize a água

Economizar água é um item básico da sustentabilidade. As dicas de banhos mais curtos e torneira desligada enquanto não estiver usando são clássicas e muito válidas, mas você pode ir além delas.
Reutilizar a água da máquina de lavar para fazer a limpeza do quintal, da calçada ou até mesmo do carro pode ser uma boa maneira de evitar o desperdício. O reaproveitamento da água da chuva também é uma solução interessante.

9. Prefira eletrodomésticos com baixo consumo de energia

Ao comprar os eletrodomésticos da sua casa, atente-se ao consumo de energia do produto. A informação pode ser facilmente encontrada na embalagem e vai te mostrar os modelos que oferecem baixo consumo e trazem mais economia para o seu bolso.
Dê preferência aos aparelhos com classe energética A ++ ou A +++. Eles consomem até 70% menos do que outros modelos e possuem uma longa vida útil.

10. Aposte em materiais sustentáveis para construções e reformas

Se você vai construir ou reformar, pode trazer a sustentabilidade para a sua obra também. Com materiais alternativos como tintas e tijolos ecológicos, madeiras recicladas e as lâmpadas LED é possível diminuir o impacto na natureza e ainda fazer obras gastando pouco.
Além disso, calcular a quantidade de matéria-prima necessária também é um grande passo para evitar o desperdício de materiais de construção, economizar e reduzir o descarte de resíduos.

Gostou dessas dicas? Então não deixe de conferir o blog da Conspem para encontrar outros posts como este e conhecer o piso fulget, revestimento com produção sustentável!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em função da pandemia do Corona Vírus, todos os colaboradores estão atendendo em Home Office.

Para atendimento ligue para os números:
Depto. Comercial - (11) 95389-0148
Depto. Financeiro - (11) 98383-8132
Depto. Administrativo - (11) 95389-0149

Agradecemos a Compreensão

A Conspem atua no mercado há mais de 30 anos, especializada em revestimentos de paredes e pisos com Fulget Tradicional (Granito Lavado Fultec) e Granilha (Fulget Acrílico), além de reformas em fachadas.

Contato

Atendimento:
(11) 2094-4742
(11) 2092-9682
(11) 2092-9528
(11) 2094-3692
(11) 2092-2228

e-mail:
[email protected]

Rolar para cima