reformar casas

Reformar casas gastando pouco é possível e nós te mostramos como!

Se você está adiando a reforma da casa por achar que vai gastar muito dinheiro nela, este post veio te provar o contrário. Reformar casas gastando pouco pode ser bem simples, desde que você faça um bom planejamento e conheça alguns truques extras.

Quer saber quais são esses truques? Então é só continuar a leitura deste conteúdo com a gente para descobrir 4 passos infalíveis para economizar na sua reforma!

Afinal, como reformar a casa gastando pouco?

Falamos em reforma e a nossa mente já imagina gastos intermináveis e muita dor de cabeça, mas o cenário não precisa ser esse. Passar por obras de renovação de ambientes pode ser um processo tranquilo e bem mais barato do que você pensa, basta ter um bom planejamento.

Ao contrário do que muita gente pensa, optar por materiais mais baratos não é a solução para uma reforma econômica. Nem sempre os produtos com preços mais baixos são os melhores, muitas vezes comprar peças um pouco mais caras – mas de maior qualidade –  pode significar uma economia a longo prazo.

O planejamento é a base para garantir uma reforma mais acessível para o bolso e sem imprevistos pelo caminho, mas existem outros passos importantes que tornam a economia possível durante as obras.

1. Muito planejamento e pesquisa!

Um bom planejamento é a chave para uma boa reforma com muita economia no bolso. O primeiro passo aqui é simples: definir o seu orçamento e o que você precisa para a reforma, assim você não acaba gastando mais do que pode.

O próximo passo envolve muita pesquisa, isso porque os materiais de construção podem apresentar uma variação grande de preços, por isso é muito importante colocar tudo na ponta do lápis e analisar o melhor custo-benefício para você.

2. Evite o desperdício

Além de colocar na ponta do lápis todos os preços, é essencial descrever quanto de material você precisa para realizar a reforma, assim você evita o desperdício desses materiais.

Para não ter erro, existe uma conta simples para fazer este cálculo: acrescente sempre 10% a mais na quantidade de material necessário para deixar como reserva. Caso alguma peça se quebre ou sofra danos, você terá outra para substituir.

3. Reaproveite materiais

Outra ótima forma de economizar é reaproveitar materiais. Madeiras, tijolos, pisos e revestimentos que sobraram de outra construção podem sair muito mais baratos do que produtos novos, por exemplo.

Se essa for a sua escolha, lembre-se de avaliar a qualidade e o estado de cada peça para não levar itens danificados para a sua obra, pois isso pode afetar o prazo ou até mesmo o resultado final da reforma.

4. Coloque a mão na massa!

Muitas tarefas exigem trabalho profissional em uma reforma, mas outras podem ser feitas por você mesmo. Pintar uma parede pode ser um momento bem divertido e é mais simples do que parece.

Você encontra tutoriais sobre como pintar paredes bem detalhados na internet mesmo e vai perceber que eles são bem fáceis de acompanhar. Mas tenha bom senso, ok? Não queira fazer toda a obra sozinho, pois a economia pode sair cara depois.

Gostou dessas dicas? Então aproveite para conferir outras formas de economizar na sua obra aqui no blog da Conspem!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Em função da pandemia do Corona Vírus, todos os colaboradores estão atendendo em Home Office.

Para atendimento ligue para os números:
Depto. Comercial - (11) 95389-0148
Depto. Financeiro - (11) 98383-8132
Depto. Administrativo - (11) 95389-0149

Agradecemos a Compreensão

Rolar para cima